Os principais motivos que levam uma pessoa a ser demitida estão relacionados a dificuldade de relacionamento e erros em tarefas

 

Conhecer o ambiente em que se trabalha é importante para saber como se portar. Atualmente, existem empresas que estão adotando uma postura mais descontraída. No entanto, dependendo do ramo de atividade e dos empregadores, é necessário tomar alguns cuidados para evitar gafes.

Um problema bastante recorrente entre profissionais é a acomodação: algumas pessoas relaxam quando estão empregadas. Ainda que desenvolvam um bom trabalho, muitos deixam de se atualizar e melhorar sua performance.

Veja, a seguir, os principais motivos que levam uma pessoa a ser demitida:

 

– fazer fofoca: evite comentar sobre a vida das pessoas que trabalham com você;

– respeite as características de cada pessoa;

– não fale mal: dos colegas, dos chefes e da empresa;

– trabalhe em equipe: procure se relacionar bem com todos;

– não fique reclamando do salário nem pressione o chefe para dar aumento em qualquer oportunidade; prove que você merece e saiba o momento certo de se manifestar;

– mantenha-se interessado em todas as áreas da empresa, mesmo aquelas que não são o seu “forte”. Aproveite a oportunidade para aprender sobre assuntos diferentes;

– não use o telefone para assuntos particulares;

– não use ferramentas de trabalho para assuntos pessoais, como impressão de documentos;

– não use o tempo de trabalho para resolver problemas pessoais, exceto em casos de emergência;

– não deixe de fazer qualquer coisa: anote todas as tarefas e respeite prazos;

– seja organizado;

– não compartilhe informações confidenciais;

– demonstre interesse e contribua com ideias;

– seja pontual: em locais onde o horário é flexível, deve-se prestar atenção aos compromissos marcados, como reuniões;

– em locais que trabalham com redes sociais, é importante não esquecer que as ferramentas devem ser usadas profissionalmente, então, evite de entrar no seu perfil pessoal;

– não fale palavrões nem faça piadas preconceituosas.

 

Como ninguém é insubstituível, ter iniciativa e vontade de crescer contribuem para que o colaborador seja mais bem-visto. Investir em cursos de idiomas e de atualização na área de atuação mostra que o profissional se preocupa com seu desenvolvimento e quer acompanhar o crescimento da empresa.

Trabalhe com ética e compromisso, seja proativo, criativo, analítico e goste do seu trabalho. Lembre-se que educação cabe em qualquer lugar, a qualquer momento, então, valorize e preze pelo seu emprego.

 

Foto: imagem Google