Já falamos aqui no blog da Corpo Rico sobre as vantagens e desvantagens de trabalhar em casa, mas será que o home office é para todos?

4

Por mais estranho que pareça, alguns perfis profissionais não se adaptam às necessidades do escritório em casa. Veja as características de quatro perfis que não combinam com o home office:

Workaholics
Para os viciados em trabalho, o horário flexível permitido pelo home office pode ser uma armadilha, podendo os levar a estender a jornada até ao longo do fim de semana. O resultado: baixa qualidade de vida.

Muito jovens ou recém-contratados
Iniciar a carreira direto no home office pode ser um problema. É preciso aprender, antes, toda a dinâmica da empresa e as funções a serem desempenhadas, antes de se aventurar no trabalho em casa.

Os acostumados ao trabalho em equipe
Os profissionais acostumados a essa prática podem enfrentar dificuldades ao encarar a rotina de um home office, sem o ‘apoio’ de seus colegas durante o desempenho de suas funções. Contudo, pode-se estabelecer dias para que o profissional esteja presente na empresa, para que ele não se isole, além da comunicação, que deve ser constante.

Indisciplinados
Há os que acreditem que trabalhar em casa é poder vestir pijama e pantufas. Até pode, mas ainda assim é preciso cumprir metas e entregar resultados. Para isso, é necessário ter disciplina e senso de gerenciamento, para organizar o tempo e as atividades a serem realizadas. Se o profissional é do tipo que precisa de cobrança constante, o home office não é uma prática a ser considerada.