Em dezembro tudo fica mais lindo, a decoração encanta a todos, e o Papai Noel toma vida. Engana-se quem pensa que basta uma barba branca falsa e a famosa roupa vermelha para se tornar o Papai Noel. Para encarnar o bom velhinho, há quem cultive a longa barba durante o ano todo e propositalmente mantenha-se um pouco acima do peso – tudo para conferir mais veracidade ao papel tão querido pelas crianças.

A profissão paga muito bem. Em média, os ganhos de um Papai Noel contratado por um shopping center, variam de R$ 8 mil até 17mil, no período que vai de meados de novembro até o dia 24 de dezembro, em alguns casos sendo estendido à primeira semana de janeiro.

papai_noel (1)
Fonte: Imagens Google

O cachê para eventos, festas e afins variam de R$ 150 a R$ 500 (que podem ser pagos pela diária ou por duas horas de trabalho, a depender do contrato). Isso sem contar com outras ações publicitárias, como fotos para campanhas em revistas, jornais e comerciais para a televisão.

mos-craciun
Fonte: Imagens Google

É bom lembrar que nem todos têm perfil para essa atividade. É preciso, sobretudo, ter paciência para lidar com gente. Quem desempenha essas funções trabalha de quatro a oito horas por dia, os sete dias da semana, no período natalino. Sem contar com todos os eventos e festas possíveis de serem feitos, que aumentam os rendimentos, mas também geram mais cansaço.