Skip to Content

Tag: saúde

Sem respostas

As marcas mais valiosas do Mundo

A consultoria de Brand Finance divulgou o relatório de BrandZ 2015 com as marcas mais valiosas do mundo.  Juntas, as 100 mais valem 3,3 trilhões de dólares (14% mais que no ano passado).

O grande destaque do ranking é a Apple e Samsung que tirou o posto de primeiro lugar do Google. Confira as 10 mais:

 

1º. Apple: US$ 128,3 bilhões

Setor: Tecnologia | País: Estados Unidosog

2º. Samsung: US$ 81,7 bilhões

Setor: Tecnologia | País: Coreia do Sul

Samsung_Logo.svg_

 

3º. Google: US$ 76,6 bilhões

Setor: Tecnologia | País: Estados Unidos

go

 

4º. Microsoft: US$ 67 bilhões

Setor: Tecnologia | País: Estados Unidos

Microsoft-Logo-20121

 

5º. Verizon: US$ 59,8 bilhões

Setor: Telecomunicações | País: Estados Unidos

VZ_logo_850x640

6º. AT&T: US$ 58,8 bilhões

Setor: Telecomunicações | País: Estados Unidos

att_416x416

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

7º. Amazon: US$ 56,1 bilhões

Setor: Comércio eletrônico | País: Estados Unidos

amazon_logo_RGB

 

 

8º. General Electric: US$ 48 bilhões

Setor: Diversos | País: Estados Unidos

2000px-General_Electric_logo.svg

 

9º. China Mobile: US$ 47,9 bilhões

Setor: Telecomunicações | País: China

china_mobile-logo

 

10º. Walmart: US$ 46,7 bilhões

Setor: Varejo | País: Estados Unidos

walmart

 

 

Fonte: Brand Finance

Lista completa neste link

 

Agora confira 5 lições que podemos aprender com milionários

Sem respostas

Oito setores de negócios para ficar de olho em 2015

Observar o comportamento do mercado atual e seus problemas é essencial para quem planeja investir em novos negócios. Confira 8 ideias para negócios promissores em 2015.

1. Mobilidade Urbana
Os aplicativos que facilitam na hora de chamar um táxi, por exemplo, mudaram o comportamento dos consumidores desse serviço nos últimos tempos. Propor e investir em soluções inovadoras para os problemas de mobilidade urbana são uma das grandes apostas para o próximo ano.

2. Energia
Em tempos de racionamentos de água e energia, buscar por novas formas de energia, limpa e sustentável, é cada vez mais uma necessidade. Quem apostar nessa área poderá ter sucesso.

3. Mercado Imobiliário
Inadimplência e devolução de imóveis são problemas presentes no setor continuamente. Quem oferecer novas ideais para as formas de contratação e pagamento de dívidas vai sair na frente.

4. Soluções para Pequenas Empresas
O número de negócios de pequeno porte vem aumentando consideravelmente, os que se proporem a observar e identificar as demandas dessas empresas terá sucesso, propondo soluções práticas e assertivas.

5. Educação
Identificar novas demandas no setor é sempre necessário, mas apostar em campos novos, pouco explorados, poderá render bons resultados para os que se aventurarem. Startups tendem a se sobressair.

6. E-Commerce
As pessoas estão cada dia mais conectadas, logo, fazer compras sem ter que se locomover tornou-se uma atitude cada vez mais comum. O mercado de comércio eletrônico tende a continuar crescendo.

7. Saúde
Os processos na área da saúde devem ser revistos. Marcação de consultas, exames e prontuários deveriam estar ao clique ou toque no celular. É uma área ainda pouco explorada.

8. Internet das Coisas
Ainda sem grandes iniciativas no Brasil, a área que explora a conexão da internet aos itens usados no dia a dia deve se desenvolver consideravelmente no próximo ano.

Sem respostas

Os cuidados com uniformes hospitalares

Profissões e profissionais são facilmente reconhecidos por seus uniformes, muitas vezes clássicos. A roupa toda branca é característica de médicos e enfermeiros, e a escolha da cor tem a ver com a sensação de higiene e limpeza que ela transmite, embora, há alguns anos, algumas instituições têm inovado e apostado no uso de outras cores para os jalecos e roupas hospitalares, sempre em tons claros, como verde, azul e cinza.

Um colaborador bem uniformizado transmite a sensação de estar em uma ótima empresa, indiferente do ramo de atuação, afinal é parte da propaganda diária da empresa. Contudo, muitos hospitais e clínicas não se preocupam com a funcionalidade e beleza dos uniformes de sua equipe.

Produzidos com materiais de qualidade e com o acabamento final que só a Copo Rico oferece, nossa linha branca é ideal para os segmentos hospitalares, farmacêuticos e, até mesmo, alimentício. Além de confortáveis, podem ser padronizados e receber uma ampla gama de aplicações. Conheça os uniformes da linha branca e solicite seu orçamento em nosso site.

shutterstock_24312778

A ANVISA, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, regulamenta o procedimento de coleta e lavagem de roupas e uniformes hospitalares, e diz ainda que há de “106 até 108 bactérias por 100cm2 de tecido”. Por isso, os uniformes, que devem ser de tecidos leves, têm de proteger o corpo, tanto para o paciente quanto para os profissionais, a fim de evitar a proliferação de agentes contaminadores.

Recomenda-se o uso dos jalecos somente dentro das dependências hospitalares, retirando-os no horário de almoço e eventuais saídas. Caso o uniforme seja levado para casa, deve ser colocado em um saco fechado. As roupas hospitalares, após o uso, devem ser depositadas em local apropriado para que sejam lavadas e esterilizadas, processo que deve ser feito diariamente. Além disso, é indicado que não se transporte os jalecos ou qualquer outro tipo de roupa hospitalar pendurada em bolsas ou ombros, além de manter bolsos e compartimentos internos livres de objetos.

Uma outra saída é lavar o jaleco em casa, mas lembre-se que a roupa deve ser transportada em embalagem que a isole e não contamine outros pertences. Um saco do tipo ‘zip’ é uma boa opção. Antes da lavagem, que deve ser exclusiva para a peça, deve-se deixar o jaleco de molho em solução de hipoclorito, a famosa água sanitária, por pelo menos uma hora – ela deixará um tom amarelado com o passado do tempo, mas é o único meio de eliminar contaminantes biológicos. Depois, pode-se lavar o jaleco normalmente, e caso queira, aplicar um alvejante branqueador ao invés de cloro.  Também pode-se deixar a peça a de molho em uma solução de água e álcool por alguns minutos. Por fim, basta deixar secar, passar e guardar em local separado (uma embalagem ‘zip’ nova, por exemplo).

Cuide bem do seu jaleco. Se mal tratado, pode ter efeito contrário, e oferecer risco ao invés de proteger.