Skip to Content

Tag: segurança

Sem respostas

Ano Novo: Tempo de renovar

Mais um ano que se encerra e, consequentemente, mais um outro que se inicia.

De acordo com o site administradores  o professor de administração, Diego Andreasi, revela que existem pesquisas que dizem que o uniforme pode elevar a autoestima do colaborador e consequentemente aumentar a sua performance.  Então que tal dar um up em seus colaboradores renovando os seus uniformes para esse ano que começa?

A lei não exige um prazo mínimo de renovação para a troca do uniforme, no entanto, se a renovação motiva os seus funcionários, providenciar sua troca é uma ótima alternativa para começar o ano com o pé direito!

Peça sugestões para seus funcionários, pergunte a eles o que eles gostariam de vestir. A participação dos colaboradores, mostra a importância deles na organização.  Além de que, quanto mais sugestões melhor, não é mesmo?

Uniforme é algo que será utilizado pelo menos 8 horas por dia e 5 dias por semana. A qualidade do tecido é fundamental, a estética também, porém, o conforto é um dos fatores mais decisivos na hora de escolher seu uniforme.

Os motivos para se usar uniforme em sua empresa nós já sabemos, caso não tenha lido, leia aqui! 

Com isso, a empresa preserva a imagem da corporação, e transparece a preocupação com a aparência dos colaboradores. Mantenha seus colaboradores com uniformes novos e invista no ‘’ cartão de visita’’ da sua empresa.

Dica: Você pode solicitar um orçamento online e fazer uma simulação de como pode ficar o seu uniforme no site: http://corporico.com.br/

 

 

Sem respostas

Profissão: Papai Noel

Em dezembro tudo fica mais lindo, a decoração encanta a todos, e o Papai Noel toma vida. Engana-se quem pensa que basta uma barba branca falsa e a famosa roupa vermelha para se tornar o Papai Noel. Para encarnar o bom velhinho, há quem cultive a longa barba durante o ano todo e propositalmente mantenha-se um pouco acima do peso – tudo para conferir mais veracidade ao papel tão querido pelas crianças.

A profissão paga muito bem. Em média, os ganhos de um Papai Noel contratado por um shopping center, variam de R$ 8 mil até 17mil, no período que vai de meados de novembro até o dia 24 de dezembro, em alguns casos sendo estendido à primeira semana de janeiro.

papai_noel (1)
Fonte: Imagens Google

O cachê para eventos, festas e afins variam de R$ 150 a R$ 500 (que podem ser pagos pela diária ou por duas horas de trabalho, a depender do contrato). Isso sem contar com outras ações publicitárias, como fotos para campanhas em revistas, jornais e comerciais para a televisão.

mos-craciun
Fonte: Imagens Google

É bom lembrar que nem todos têm perfil para essa atividade. É preciso, sobretudo, ter paciência para lidar com gente. Quem desempenha essas funções trabalha de quatro a oito horas por dia, os sete dias da semana, no período natalino. Sem contar com todos os eventos e festas possíveis de serem feitos, que aumentam os rendimentos, mas também geram mais cansaço.

 

Sem respostas

O que fazer de diferente para você se destacar e virar efetivo

No final do ano muitas portas se abrem para trabalhos temporários, e muitos trabalhadores são efetivados por se destacarem em suas tarefas.  Se você entrou em um trabalho temporário aproveite a oportunidade para mostrar o seu potencial e o quanto pode contribuir para o crescimento da empresa.

Para que a efetivação seja realizada é preciso que duas coisas aconteçam:

1. A empresa tem que sentir necessidade de absorver para seu quadro uma maior quantidade de pessoas;

2. O trabalhador deve destacar-se em meio aos demais, pois a chances de que todos os temporários se tornem efetivos é muito pequena.

 

Confira dicas para ser efetivado:

 

1. Se capacite: é importante que a empresa perceba que você está investindo em você, com o objetivo de se capacitar no mercado de trabalho. Busque cursos on-line, leia livros importantes da sua área, converse com pessoas interessantes e, acima de tudo, colocar em prática o seu conteúdo é fundamental.

img_02162

 

 

2. Fique atento e interessado: funcionário que acabaram de chegar na empresa e começam a questionar sobre seus “direitos” são muitas vezes desaprovados. Mostre trabalho, compreenda os processos, maximize seu nível de contribuição. Esteja atento aos detalhes e demonstre interesse na empresa (e seus resultados).

corretor-imoveis-seja-oportunidade-do-mercado

 

3. Aprenda a trabalhar em equipe: uma das maneiras do temporário ser valorizado é por sua capacidade de trabalhar em grupo. As empresas têm buscado funcionários que pensam no grupo e que podem se relacionar com os colegas. Assim, desenvolver a capacidade de adaptação e flexibilidade é fundamental. Evite estar focado apenas em seus negócios. É importante lembrar que o bom desempenho de uma empresa depende do trabalho feito por toda a equipe.

trabalho equipe_1

 

4. Aprenda a ouvir: respeitar a opinião dos seus colegas de trabalho é uma tarefa que permite o reconhecimento, confiança e valorização, estabelecendo uma relação profissional de respeito. Portanto, aprenda a ouvir!

como-ouvir-seu-cliente

 

5. Seja positivo: se você ir todos os dias trabalhar com vibrações positivas, as pessoas vão considerá-lo o tipo de pessoa que pode lidar com o estresse, incerteza e problemas. Ou seja, alguém que permanece calmo, sereno, confiante e controlado. Mostre-se otimista o tempo todo. Uma vez que outros começam a considerá-lo como uma pessoa de temperamento alegre e positivo estarão dispostos a tê-lo ao seu lado, e com ela a possibilidade de querer você por mais tempo na empresa só aumenta.

3pense-positivo

 

 

Ter vontade de ser efetivado não é o bastante, a oportunidade aparece para os que têm vontade de crescer na profissão, capacidade para aprender e o mínimo de recursos para executar as principais tarefas. A principal dica é: acredite e busque ir além.

Independente se vão efetiva-lo ou não, acredite.
Mas cedo ou mais tarde será valorizado por isso!

Sem respostas

As marcas mais valiosas do Mundo

A consultoria de Brand Finance divulgou o relatório de BrandZ 2015 com as marcas mais valiosas do mundo.  Juntas, as 100 mais valem 3,3 trilhões de dólares (14% mais que no ano passado).

O grande destaque do ranking é a Apple e Samsung que tirou o posto de primeiro lugar do Google. Confira as 10 mais:

 

1º. Apple: US$ 128,3 bilhões

Setor: Tecnologia | País: Estados Unidosog

2º. Samsung: US$ 81,7 bilhões

Setor: Tecnologia | País: Coreia do Sul

Samsung_Logo.svg_

 

3º. Google: US$ 76,6 bilhões

Setor: Tecnologia | País: Estados Unidos

go

 

4º. Microsoft: US$ 67 bilhões

Setor: Tecnologia | País: Estados Unidos

Microsoft-Logo-20121

 

5º. Verizon: US$ 59,8 bilhões

Setor: Telecomunicações | País: Estados Unidos

VZ_logo_850x640

6º. AT&T: US$ 58,8 bilhões

Setor: Telecomunicações | País: Estados Unidos

att_416x416

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

7º. Amazon: US$ 56,1 bilhões

Setor: Comércio eletrônico | País: Estados Unidos

amazon_logo_RGB

 

 

8º. General Electric: US$ 48 bilhões

Setor: Diversos | País: Estados Unidos

2000px-General_Electric_logo.svg

 

9º. China Mobile: US$ 47,9 bilhões

Setor: Telecomunicações | País: China

china_mobile-logo

 

10º. Walmart: US$ 46,7 bilhões

Setor: Varejo | País: Estados Unidos

walmart

 

 

Fonte: Brand Finance

Lista completa neste link

 

Agora confira 5 lições que podemos aprender com milionários

Sem respostas

Os melhores uniformes para se usar em metalúrgica

Os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) devem fazer parte do dia a dia de homens e mulheres que trabalham em metalúrgicas. Os uniformes tem de atender as necessidades deste profissional, visando assegurá-lo com materiais resistentes.  Para isso, devem ter como característica o conforto, alta qualidade, durabilidade, máxima de segurança, tecnologia e qualidade do tecido.

Evite o uso de tecido de poliéster, pois caso haja algum acidente, ele queima muito rápido e adere a pele, por isso prefira os tecidos de algodão, brim ou tecidos com tecnologia antichamas, para criar uniformes resistentes.

EPIs para metalúrgica

Macacão antichamas com mangas longas;

Luvas de proteção fabricadas com material resistente ao fogo e cortes;

Capacete com jugular;

Óculos de proteção;

Protetores auriculares;

Par de calçados de segurança antiderrapantes.

Vale ressaltar que a empresa deve disponibilizar todos os equipamentos de proteção individual aos funcionários. Ao trabalhador, cabe a tarefa de manter os EPI em perfeito estado de conservação e higiene.

Sem respostas

Como manter o uniforme impecável

 

O uniforme é usado todos os dias e, consequentemente, lavados regularmente. Por isso mesmo, a atenção deve ser redobrada para manter a conservação dessas peças por mais tempo.

 

Alguns processos incorretos na lavagem resultam em desgaste nos tecidos, fazendo com que tenham menos durabilidade. São eles:

- Tempo excessivo de lavagem;

- Uso do ciclo muito forte;

- Uso de alvejante clorado para retirar manchas.

 

Para que seu uniforme tenha maior durabilidade recomendamos as seguintes etapas:

– Separe as peças para lavagem pelas mesmas cores;

– Se o uniforme apresentar alguma mancha aplique o alvejante (sem cloro) diretamente na mancha que ela seja removida;

– Não passe escova com cerdas duras no tecido, isso com certeza irá prejudicar;

– O sabão em pó deve ser diluído em água, por isso recomenda-se o líquido, já que é mais prático;

– Deixe-o secar na sombra;

– Se a peça tiver estampa, passe-o pelo avesso com a temperatura amena. Se for tecido de Poliéster 100%, use protetor de ferro ou um paninho entre o ferro e a peça.

 

Ah, o cuidado é a melhor forma de conservar o seu uniforme. Seja sempre atencioso para que não venha sujar as suas peças por qualquer descuido.

 

Sem respostas

Motivos para aplicar o uso de uniformes em sua empresa

O uso de uniformes é reflexo de organização e padronização dos resultados de sua empresa, deste modo, também deixa implícito à competência da companhia.  Portanto, vamos conversar sobre os motivos de se aplicar o uso de uniformes em seu empreendimento.

Aplicar o uso de uniformes fortalece a identidade da marca, e promove um diferencial no atendimento. A expressão popular “vestir a camisa da empresa”, remete o funcionário dedicado ao sucesso da empresa tanto quanto o dono da mesma, por isso, não é à toa que o uniforme transmite confiança para o cliente ou fornecedor.

Muitas empresas têm problemas com o modo de se vestir de seus funcionários, existe uma perda de referência do modo de se trajar nas empresas, e isso está preocupando as companhias, que procuram cada vez mais consultorias para se tratar do assunto. Problemas como uma blusa decotada ou uma camisa estampada são resolvidos com a aplicação de uniformes e a padronização do visual.

Em fábricas, laboratórios e cozinhas industriais são indispensáveis. São os típicos lugares que possuem muita sujeira, risco de acidentes e requerem praticidade no modo de trabalhar. O uniforme em locais que procuram sempre a higiene, deve ser branco, para mostrar para o cliente que o ambiente está limpo.

Portanto, deixar de aplicar uniformes em sua empresa pode ser a causa de seus problemas. Como já foi mencionado no começo do texto, o uniforme é uma ótima forma de apresentação da sua empresa, e pode ser traduzido também como a “cara” de seu atendimento.

Sem respostas

Você já ouviu falar sobre a CIPA?

A CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes tem por objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho com suporte legal no artigo 163 da Consolidação das Leis do Trabalho e na Norma Regulamentadora nº 5 (NR 5), aprovada pela Portaria nº 08/99, da Secretaria de Segurança e Saúde no Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego. A NR 5 trata do dimensionamento, processo eleitoral, treinamento e atribuições da CIPA. Os representantes dos empregadores, titulares e suplentes serão por eles designados. Os representantes dos empregados, titulares e suplentes serão eleitos, exclusivamente os empregados interessados. O mandato dos membros eleitos da CIPA tem a duração de um ano, permitida uma reeleição.

Estabilidade e direito dos Cipeiros

É vedada a dispensa arbitrária ou sem justa causa do empregado eleito para cargo de direção de Comissões Internas de Prevenção de Acidentes desde o registro de sua candidatura até um ano após o final de seu mandato.
Serão garantidas aos membros da CIPA condições que não descaracterizem suas atividades normais na empresa, sendo vedada a transferência para outro estabelecimento sem a sua anuência, ressalvado o disposto nos parágrafos primeiro e segundo do artigo 469, da CLT – Consolidação das Leis do Trabalho.O empregador designará entre seus representantes o Presidente da CIPA, e os representantes dos empregados escolherão entre os titulares o vice-presidente. Os membros da CIPA, eleitos e designados serão empossados no primeiro dia útil após o término do mandato anterior.

Atribuições da CIPA

A CIPA tem por atribuição identificar os riscos do processo de trabalho, e elaborar o mapa de riscos, com a participação do maior número de trabalhadores. Elaborar plano de trabalho que possibilite a ação preventiva na solução de problemas de segurança e saúde no trabalho. Participar da implementação e do controle da qualidade das medidas de prevenção necessárias, bem como da avaliação das prioridades de ação nos locais de trabalho. Realizar, periodicamente, verificações nos ambientes e condições de trabalho visando a identificação de situações que venham a trazer riscos para a segurança e saúde dos trabalhadores, entre outras.

Obrigações

Cabe ao empregador proporcionar aos membros da CIPA os meios necessários ao desempenho de suas atribuições, garantindo tempo suficiente para a realização das tarefas constantes do plano de trabalho. Cabe aos empregados participar da eleição de seus representantes, colaborar com a gestão da CIPA, indicar a CIPA e ao empregador situações de riscos e apresentar sugestões para melhoria das condições de trabalho; observar e aplicar no ambiente de trabalho as recomendações quanto a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho.

Funcionamento

A CIPA tem reuniões mensais que são realizadas durante o expediente normal da empresa e em local apropriado. As reuniões da CIPA devem ter atas assinadas pelos presentes com encaminhamento de cópias para todos os membros. As reunião extraordinárias da CIPA devem ser realizadas quando houver denúncia de situação de risco grave e iminente que determine aplicação de medidas corretivas de emergência, ocorrer acidente do trabalho grave ou fatal; houver solicitação expressa de uma das representações. As decisões da CIPA serão preferencialmente por consenso.
Não havendo consenso, e frustradas as tentativas de negociação direta ou com mediação, será instalado processo de votação, registrando-se a ocorrência na ata da reunião.

 

banner_cipa